Teatro Adamastor recebe Cerimônia do Selo Ambiental nesta segunda (17)

A 15ª edição do evento começa no período da tarde, com exposições e coffee break; 52 projetos aprovados recebem troféus e certificados

0
11

As manhãs de sábado são sagradas para os vizinhos da Praça dos Mamonas Assassinas. Por iniciativa de um grupo de empreendedores locais, ali são oferecidas atividades de yoga, seguidas de uma limpeza na área pública, um café da manhã e um bate-papo descontraído. Pois este e outros 51 projetos que dizem respeito, por exemplo, a hortas comunitárias em UBSs, coleta seletiva em escolas, assistência a animais abandonado e à aferição dos lagos e nascentes do Zoológico da Cidade, serão apresentados e divulgados durante os eventos que marcam a 15ª edição do Selo Ambiental de Guarulhos, cuja cerimônia está marcada para esta segunda-feira, 17 de junho, às 19 horas, no Teatro Adamastor, no Centro.

O evento é realizado graças a uma parceria entre a Câmara de Guarulhos e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O objetivo do evento é divulgar e contemplar projetos, programas e ações em defesa, preservação e melhoria do meio ambiente desenvolvidos por pessoas físicas e jurídicas do Município e com potencial de aplicação pelo poder público e privado.

Os autores dos projetos selecionados receberão, além de certificados, troféus feitos de material reciclado pelo Núcleo de Oficinas e Trabalho, de Campinas, a partir de projeto do Instituto Tear, de Guarulhos, ambas instituições filantrópicas ligadas à saúde mental. São cinco categorias contempladas: Iniciativa Cidadã, Iniciativa Institucional, Instituição de Ensino Público, Instituição de Ensino Privado e Iniciativa Científica. Para quem quiser saber mais sobre o Selo Ambiental, o Teatro Adamastor estará aberto nesta segunda-feira a partir das 14 horas, com exposições sobre o tema, e um coffee break, este marcado para às 17 horas.

Este ano, o Selo Ambiental homenageia Ramón Dueñas Nuñes, ex-servidor da Secretaria de Meio Ambiente. Como ornitólogo amador, suas lentes fotográficas contribuíram para o conhecimento de nossa biodiversidade por meio do registro de diversas espécies da avifauna do Município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here