DUDE aprova PL sobre proibição de canudos plásticos na cidade

Iniciativa foi aprovada pelos três parlamentares da Comissão: Dr. Laércio Sandes (DEM), Sandra Gileno (PSL) e Dr. Alexandre Dentista (PSDC)

0
29

A Comissão de Desenvolvimento Urbano e Desenvolvimento Econômico (DUDE) analisou positivamente uma proposta que proíbe o fornecimento de canudos confeccionados com material plástico na cidade. A decisão foi tomada na reunião ordinária da Comissão, na tarde desta quinta-feira (28), pelos vereadores Dr. Laércio Sandes (DEM), Sandra Gileno (PSL) e Dr. Alexandre Dentista (PSDC).

 

A iniciativa está prevista no PL 2753/2018, de autoria dos vereadores João Dárcio (PODEMOS) e Zé Luiz Lula (PT), e estipula que o fornecimento dos canudos plásticos fica proibido aos clientes de hotéis, padarias, restaurantes, lanchonetes, bares, vendedores ambulantes, barracas, entre outros estabelecimentos comerciais. A propositura ainda sugere que o canudo plástico poderá ser substituído por canudos em papel reciclável, material comestível ou biodegradável.

 

Dr. Laércio Sandes, presidente da DUDE, afirmou que o tema está sendo debatido em todo o país. “Em São Paulo já foi aprovado o projeto e o prefeito Bruno Covas sancionou recentemente. Nas escolas há bastante discussão sobre o assunto com os jovens e com as crianças”, destacou. Ele explicou que o parecer foi favorável porque o PL está de acordo com a realidade ambiental e com a proteção animal, além de estar em consonância com o crescimento urbanístico da cidade.

 

Ainda na reunião, os vereadores iniciaram os debates sobre um projeto semelhante: o PL 749/2019, de Ramos da Padaria (DEM), que trata da proibição de copos e canudos plásticos. A Comissão optou por mandar um memorando ao autor apontando a similitude das propostas. “O vereador Ramos poderá adequar seu projeto junto com o anterior ou deixar o projeto dele tratando apenas de copos plásticos”, sugeriu Dr. Laércio Sandes.

 

Por fim, os vereadores deram parecer contrário à emenda modificativa nº1 ao PL 538/2017, de João Dárcio, sobre a obrigatoriedade de os supermercados higienizarem os carrinhos de compras utilizados pelos clientes. A emenda, proposta pela Comissão de Finanças e Orçamento, altera o valor da multa para Unidades Fiscais de Guarulhos (UFG). O parecer foi desfavorável porque a Comissão já havia sido contrária ao projeto original. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here