Acordo entre Prefeitura e MP evita desocupação de área onde vivem quatro mil famílias

0
80
Um acordo firmado pela Prefeitura de Guarulhos com o Ministério Público Estadual garante o cadastramento das pessoas que vivem no terreno, para que sejam inseridas em programas habitacionais desenvolvidos pelo Município

Cerca de quatro mil famílias que vivem numa área na região de Cumbica, que vivem na iminência em deixar o local por ocuparem irregularmente uma área de risco, tiveram uma ótima notícia nesta segunda-feira, dia 23. Um acordo firmado pela Prefeitura de Guarulhos com o Ministério Público Estadual garante o cadastramento das pessoas que vivem no terreno, para que sejam inseridas em programas habitacionais desenvolvidos pelo Município.

O prefeito Guti, ao lado do secretário de Habitação Fernando Evans, comprometeu-se em realizar o congelamento da área para contemplar as famílias que já vivem no local, sem a necessidade de retirá-las. O município terá o prazo de 90 dias, a iniciar-se no próximo dia 30, para realizar o cadastramento das famílias que serão beneficiadas com projetos habitacionais nos próximos anos.

Segundo representantes dos moradores, eles têm ciência de que a área onde vivem é de risco e que foi ocupada indevidamente. Eles relataram que – em períodos de chuvas – enfrentam problemas com o transbordamento do córrego Popuca que passa pela área, que fica entre as avenidas Itaberito e Cataguases e ruas Vital Brasil e Damalau. Mesmo assim, a população que vive ali prefere essa solução do que ser retirada da área.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here